Blog

Andrade Ribeiro
23 de junho

Demanda por imóveis de luxo deve passar por crescimento de 20% até 2023

Demanda por imóveis de luxo deve passar por crescimento de 20% até 2023

A pandemia teve como uma de suas consequências o tombo histórico da economia brasileira, impactando negativamente diversas áreas. Um setor, entretanto, vem demonstrando força e despertando a atenção dos investidores mesmo neste momento de instabilidade, o de vendas de imóveis de luxo.

A demanda por propriedades de médio e alto padrão foi contra o fluxo e registrou no ano passado o melhor resultado dos últimos seis anos, segundo balanço da Associação Brasileira de Incorporadoras Imobiliárias (Abrainc).

Em geral, o País não registrou retração no segmento premium e as boas expectativas permanecem para os próximos anos. Outra pesquisa, desta vez da consultoria Euromonitor International, apontou que o mercado de imóveis de luxo deve passar por crescimento de 20% até 2023 no Brasil, se tornando o principal mercado para propriedades de alto padrão em toda América Latina.

Baixa nos juros

Uma combinação de fatores, que se repete em 2021, influenciou na ascensão das vendas deste tipo de imóvel e uma delas é a baixa na taxa de juros, que influencia financiamentos e investimentos. Segundo levantamento com incorporadoras, realizado pelo jornal Valor, o setor construtivo está confiante que o aumento previsto da Selic não afetará negativamente a compra de imóveis mesmo que bata os 6% ao ano.

Isso acontece porque o brasileiro possui ainda a cultura da moradia própria. Segundo a Brain Inteligência Estratégica, em pesquisa com a Câmara Brasileira da Indústria da Construção (CBIC), 40% dos brasileiros pretendem adquirir um imóvel já nos próximos dois anos, sendo que 32% deles já estão no mercado na busca por oportunidades.

A baixa nos rendimentos atrelados à taxa básica de juros tornou a compra de imóveis novamente muito atrativa, mas a mudança do comportamento das famílias também foi influência positiva para o setor.

Novos hábitos da pandemia

O mercado dos empreendimentos com alto valor agregado saiu na frente ainda por conta dos novos hábitos dos brasileiros. Com as pessoas passando mais tempo em casa, apareceu a necessidade de estarem em locais com metragens maiores. Ou seja, as casas e apartamentos de alto padrão passaram a ser também sinônimo de mais qualidade de vida. Segundo a pesquisa da Brain e CBIC, 87% dos entrevistados buscam por apartamentos maiores.

As opções de lazer dentro dos condomínios também é uma parte importante considerada pelos compradores e, neste quesito, os imóveis de alto padrão saem na frente por oferecerem diversas opções de atividades e espaços.

Além da mudança nos hábitos causada pela pandemia, que fez com o que as famílias ficassem mais tempo dentro de casa, a atual crise também pode ter despertado outras necessidades, como o investimento seguro em um momento de estabilidade. Assim, ter em sua posse um imóvel sofisticado passa a ser um investimento de confiança em um bem, visando a valorização futura.

Oportunidades para os investidores

Com o crescimento da demanda por empreendimentos de luxo impulsionado pelos fatores citados acima, percebe-se que cada vez mais os consumidores estão em busca de moradias de alto padrão com ambientes internos mais espaçosos, sem deixar de lado o design e acabamentos exclusivos que agregam valor ao lar. A Andrade Ribeiro, construtora com foco em inovação e sofisticação, possui a oportunidade que você procura para investir em imóveis de alto padrão que prezam pela qualidade acima de tudo. Conheça os nossos empreendimentos.


Voltar

Saiba mais sobre nossos empreendimentos:

    É SOBRE VOCÊ

    Bem vindo ao Seventy Upper Mansion.