Blog

Andrade Ribeiro
19 de janeiro

Museu Guggenheim Bilbao: um ícone da arquitetura contemporânea

Museu Guggenheim Bilbao: um ícone da arquitetura contemporânea

Já parou para pensar que uma das funções da arquitetura é contar a história da sociedade e de seus respectivos locais?

Pois é! A arquitetura não deixa de ser uma arte pública, uma presença sempre marcante com características que não apenas remetem à época em que foram feitas como também contam histórias.

Assim é o Museu Guggenheim Bilbao, localizado na cidade basca de Bilbau.

Mais que uma enorme escultura, trata-se de um magnífico projeto arquitetônico que teve a pretensiosa meta de revitalizar a região onde ele se encontra e torná-la melhor para o futuro.

Nas próximas linhas, conheça mais sobre o museu, sua história e, claro, seu icônico projeto arquitetônico!

Pensado para o ambiente local 

O projeto do Museu Guggenheim Bilbao é do arquiteto canadense naturalizado norte-americano Frank O. Gehry, e é um dos grandes monumentos do século XX.

Quando visto do rio Nervión, o edifício lembra a forma de um barco – uma homenagem à cidade portuária de Bilbao.

Já sua vista geral externa exibe formas curvilíneas: uma estrutura composta por superfícies de titânio curvadas que remetem às escamas de um peixe.

Além de aparentar um movimento, o projeto arquitetônico curvilíneo foi pensado para capturar a luz. E dentre os materiais utilizados, destacam-se, ainda, o calcário e o vidro. 

Na área central da construção se observa uma estrutura da qual partem passarelas para três níveis de galerias, lembrando uma flor com curvas.

Outras curiosidades arquitetônicas do Museu Guggenheim Bilbao são:

  • Sua enorme área ocupada: 24 mil m²;
  • Seu grandioso espaço para exposições: 11 mil m²;
  • Suas dez galerias com um plano ortogonal clássico e acabamento em pedra, e outras nove galerias com forma irregular e revestimento de titânio – totalizando 19 galerias.

Um passeio pela história

Se a arquitetura conta a história da sociedade e de seus respectivos locais, podemos dizer que a do Museu Guggenheim Bilbao foi cercada de um contexto tumultuado!

A região do País Basco (Espanha), fronteira com a França, passou por um longo e violento movimento separatista, com muitos atentados terroristas por todo o país. 

Não bastasse tudo isso, nos anos 1990 a Espanha passou por uma grande crise econômica que parecia insustentável.

Para tentar reverter a situação, foi lançado um plano de revitalização com o objetivo de ampliar o turismo de Bilbau e transformá-la em uma metrópole do litoral espanhol.

A cidade precisaria de mais atrações, incluindo belos monumentos e novos atrativos arquitetônicos.

Como já havia um plano urbano para a construção de um museu (antes mesmo desses últimos acontecimentos), o governo enviou uma proposta para a Fundação Solomon R. Guggenheim – que pretendia construir museus em vários locais da Europa no início dos anos 1990 – e a parceria foi aceita e formalizada. 

Em outubro de 1993, a pedra fundamental foi colocada. Ao longo da construção do projeto, muitos duvidavam que a obra seria concluída, tamanha era sua ousadia e complexidade arquitetônicas.

Entretanto, ao contrário dos mais pessimistas, o edifício foi finalizado em outubro de 1997!

Houve 14 dias de comemorações e, logo depois, o Museu Guggenheim Bilbao foi inaugurado para o público com muitas presenças ilustres, incluindo o Rei da Espanha na época, Juan Carlos I.

Lindo em todos os sentidos

Além de saber mais sobre sua belíssima arquitetura, confira algumas curiosidades sobre o famoso Museu Guggenheim Bilbao:

  • Está em uma localização privilegiada, à margem do rio Nervión, integrando arquitetura e natureza;
  • Dessa forma, ele ajuda na recuperação do rio e, consequentemente, na melhora da qualidade das suas águas e da região no entorno;
  • É um ícone da região basca e um dos museus mais visitados da Espanha;
  • Possui uma coleção de obras magníficas, de artes moderna e contemporânea do século XX;
  • Apresenta obras de artistas como Andy Warhol, James Rosenquist e Clyfford Still, dentre outros;
  • É um dos cinco museus da Fundação Solomon R. Guggenheim (dos Estados Unidos).

Projeto arquitetônico pensado para a qualidade de vida

Nesse artigo, apresentamos o Museu Guggenheim em Bilbao, seu projeto arquitetônico, sua história e outras particularidades.

Através dele, mostramos o quanto a arquitetura pode melhorar a qualidade de vida das pessoas. Não à toa, o famoso museu é uma inspiração para profissionais da área em todo o planeta.

Da mesma forma como o Museu Guggenheim Bilbao nos deixa fascinados, a Andrade Ribeiro existe para trazer mais beleza e inovação ao mundo.

Conheça nossas criações acessando nossa home no topo do site!


Voltar

Saiba mais sobre nossos empreendimentos:

    É SOBRE VOCÊ

    Bem vindo ao Seventy Upper Mansion.